Reconfiguração regional e disputa oligárquica no Sudeste brasileiro no final do Império: imigração, ensino agrícola e o projeto de criação da Província do Rio Sapucaí

  • João Eduardo de Alves Pereira

Resumo

DOI: 10.24859/fdv.2017.1008


O presente artigo apresenta e comenta trechos de um projeto de lei proposto ao Senado do Império, em 1887, de criação de uma nova província entre Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo: a Província do Rio Sapucaí. Politicamente, o projeto tinha como objetivo enfraquecer o crescente poder de polarização da cidade de São Paulo e da força de setores republicanos lá
radicados. Tratava ainda de outros relevantes aspectos, questões e elementos do ambiente institucional, político e econômico da década de 1880, a exemplo do arcaísmo das classes
dominantes do país e do caráter extensivo de sua economia agrária, o que retardava a implantação de inovações agronômicas verificadas em outros países, àquela época.

##submission.authorBiography##

João Eduardo de Alves Pereira

Doutor em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ. Mestre em Geografia pelo Instituto de Geociências da UFRJ. Professor Associado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Publicado
2018-01-23
Como Citar
PEREIRA, João Eduardo de Alves. Reconfiguração regional e disputa oligárquica no Sudeste brasileiro no final do Império: imigração, ensino agrícola e o projeto de criação da Província do Rio Sapucaí. Revista Interdisciplinar de Direito, [S.l.], v. 14, n. 1, p. 113-123, jan. 2018. ISSN 2447-4290. Disponível em: <http://revistas.faa.edu.br/index.php/FDV/article/view/252>. Acesso em: 05 ago. 2020.
Seção
Artigos