Uma abordagem pontual acerca da Cultura e do Direito no Rio de Janeiro contemporâneo

  • Vanderlei Martins
  • Marcos S. Pulvino

Resumo

O trabalho tem como cenário a cidade do Rio de Janeiro no período compreendido entre os anos de 1945/1964. A abordagem em si discute, de maneira geral, a convivência sócio institucional urbana pós segunda guerra mundial, envolvendo, de maneira particular, a cultura urbana prevalente nos aspectos político, jurídico e social. Discute de maneira bem pontual, as novas idealizações civilizatórias projetadas para o Brasil tendo como referência a nova ordem ocidental pós-moderna, principalmente naquilo que envolve os contextos político, econômico e social. No aspecto político, aborda o mosaico político-partidário da
época e, principalmente, a Constituição Federal de 1946. No aspecto econômico, aborda a inserção do Brasil à nova ordem imposta pelo neo-capitalismo mundial, basicamente aquele oriundo do capital expansionista americano. No aspecto social, o texto observa o comportamento social, os costumes impactados pela nova mentalidade emergente. Dentro da perspectiva jurídica, o trabalho observa também a promulgação dos direitos sociais, dos direitos políticos e a idealização pela afirmação da cidadania como pressuposto obrigatório na reforma política empreendida no período.

Biografia do Autor

Vanderlei Martins

Professor Adjunto da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGD-UERJ), em Regime de Dedicação Exclusiva. Atua na área de Ciências Sociais Aplicadas.

Marcos S. Pulvino

Advogado graduado pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL/Lorena e Mestre em Direito da Cidade pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Publicado
2018-04-13
Como Citar
MARTINS, Vanderlei; PULVINO, Marcos S.. Uma abordagem pontual acerca da Cultura e do Direito no Rio de Janeiro contemporâneo. Revista Interdisciplinar de Direito, [S.l.], v. 15, n. 2, p. 141-152, abr. 2018. ISSN 2447-4290. Disponível em: <http://revistas.faa.edu.br/index.php/FDV/article/view/299>. Acesso em: 20 out. 2019.
Seção
Artigos