O município no Brasil-Colônia, expressões e limites do poder local

  • Arno Wehling

Resumo

Análise do papel político-jurídico do município colonial, sublinhando as questões da interpretação historiográfica, do poder das elites locais e de sua organização institucional e jurídica. Estudam-se também as diferenças entre o modelo metropolitano e o colonial, os conflitos entre as câmaras e outros detentores de poder, como os jesuítas e as cisões nas oligarquias. Conclui-se por uma tentativa de caracterizar as fases de maior ou menor expressão do poder municipal no transcurso da história colonial.

##submission.authorBiography##

Arno Wehling

Professor Titular (UFRJ) e Emérito (UNIRIO). Professor do Programa de Pós-graduação em Direito da Universidade Veiga de Almeida. Presidente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.

Publicado
2018-12-17
Como Citar
WEHLING, Arno. O município no Brasil-Colônia, expressões e limites do poder local. Revista Interdisciplinar de Direito, [S.l.], v. 16, n. 2, p. 61-73, dez. 2018. ISSN 2447-4290. Disponível em: <http://revistas.faa.edu.br/index.php/FDV/article/view/605>. Acesso em: 18 nov. 2019.
Seção
Artigos