Os teoremas da diferença ontológica e do círculo hermenêutico em Heidegger

  • Cleyson de Moraes Mello

Resumo

A hermenêutica filosófica em Heidegger assume um viés transformador. Daí a necessidade de compreender os teoremas da diferença ontológica e do círculo hermenêutico a partir do ser-no-mundo. É nesse sentido que, em face da flagrante inefetividade da hermenêutica clássica, originariamente metodológica, torna-se necessária a construção de uma resistência teórica que aponte para a construção das condições de possibilidade da compreensão de sentido, como modo de ser-no-mundo.

##submission.authorBiography##

Cleyson de Moraes Mello

Professor Adjunto da Faculdade de Direito da UERJ. Departamento de Teorias e Fundamento do Direito. Diretor Adjunto da Faculdade de Direito de Valença – RJ; Professor Titular da Universidade Estácio de Sá – Rio de Janeiro – Brasil; Doutor e Mestre em Direito.

Publicado
2018-12-18
Como Citar
MELLO, Cleyson de Moraes. Os teoremas da diferença ontológica e do círculo hermenêutico em Heidegger. Revista Interdisciplinar de Direito, [S.l.], v. 16, n. 2, p. 123-134, dez. 2018. ISSN 2447-4290. Disponível em: <http://revistas.faa.edu.br/index.php/FDV/article/view/609>. Acesso em: 22 maio 2019.
Seção
Artigos