ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE, DIAGNÓSTICO PRECOCE DAS DOENÇAS DERMATOLÓGICAS E SEU IMPACTO SOCIAL

  • Carolina Lopes de Lima Reigada
  • Letícia Távora Martins
  • Ingrid Piassá Malheiros Lavinas

Resumo

Esse estudo objetivou levantar as doenças dermatológicas prevalentes na população atendida pela UBS Jardim Valença, direcionando uma revisão de literatura sobre o tema. Entre outubro e dezembro de 2017, todas as queixas dermatológicas apresentadas durante consulta na unidade de saúde foram registradas e analisadas por estatística descritiva. As mais frequentes afecções foram dermatofitoses, pediculose, dermatites atópica e de contato. De acordo com os dados encontrados, foi possível realizar revisão bibliográfica direcionada e entender o perfil epidemiológico das doenças dermatológicas na população estudada, contribuindo com a melhoria do cuidado e resolutividade da equipe de saúde da família. As doenças dermatológicas são prevalentes na população, e seu diagnóstico e tratamento precoces contribuem para diminuir seu impacto na vida dos pacientes e gastos para o sistema de saúde. A atenção primária à saúde é o ponto de acesso preferencial do sistema de saúde e, se apresenta resolutividade e qualificação, é capaz de resolver a maioria das queixas dermatológicas comumente apresentadas.

Biografia do Autor

Carolina Lopes de Lima Reigada

Docente Faculdade de Medicina de Valença

Letícia Távora Martins

Discente Faculdade de Medicina de Valença / CESVA -FAA

Ingrid Piassá Malheiros Lavinas

Docente Faculdade de Medicina de Valença

Publicado
2018-12-28
Como Citar
DE LIMA REIGADA, Carolina Lopes; MARTINS, Letícia Távora; MALHEIROS LAVINAS, Ingrid Piassá. ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE, DIAGNÓSTICO PRECOCE DAS DOENÇAS DERMATOLÓGICAS E SEU IMPACTO SOCIAL. Saber Digital, [S.l.], v. 11, n. 2, p. 71 - 84, dez. 2018. ISSN 1982-8373. Disponível em: <http://revistas.faa.edu.br/index.php/SaberDigital/article/view/624>. Acesso em: 21 jul. 2019.
Seção
Medicina