INTERFERÊNCIA DE UM PROTOCOLO ANESTÉSICO SOBRE PARÂMETROS BIOQUÍMICOS EM CADELAS

  • Thayassan Costa dos Santos
  • Mariana Gonçalves de Andrade Paiva
  • Thereza Christina de Vasconcelos
  • Sylvia Cristina Silva de Azevedo

Resumo

Introdução: O número de cães errantes encontrados em vias públicas e nas populações mais carentes tem aumentando significativamente. Dessa forma, a castração de machos e fêmeas é considerada a principal técnica para reduzir o número de animais. Projetos que visam à castração de animais da população de classe baixa ou errantes é uma solução eficiente para solucionar ou diminuir o problema. Porém, vários são os entraves com relação à escolha do melhor protocolo anestésico, em relação à eficácia, segurança e redução de custos. Objetivo: O objetivo deste trabalho é avaliar interferência da utilização de um protocolo anestésico sobre parâmetros bioquímicos séricos de ureia, creatinina, ALT (alanina amino transferase), AST (aspartato amino transferase), proteínas totais e albumina em cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia (OSH) pelo Projeto Castração Itinerante da Faculdade de Medicina Veterinária de Valença. Materiais e Métodos: Foram coletadas amostras sanguíneas em dois momentos, pré e pós-procedimento anestésico de 17 cadelas hígidas, adultas e sem raça específica. Os animais receberam como medicação pré- anestésica (MPA) acepromazina e petidina. Foram induzidos com cetamina, fentanil e propofol, e a manutenção foi realizada com propofol. Por via epidural foi administrado lidocaína sem vasoconstritor, morfina e fentanil. As amostras foram encaminhadas e analisadas no Laboratório de Patologia Clínica. As determinações foram feitas com kits comercias e a avaliação se existe diferença significativa foi gerada pelo teste T de student. Resultados: Os valores médios dos parâmetros bioquímicos séricos avaliados permaneceram dentro da normalidade. Conclusão: Dessa forma conclui-se que o protocolo anestésico estudado é considerado seguro para os sistemas hepático e renal.

Biografia do Autor

Thayassan Costa dos Santos

Discente - FMVV/CESVA - FAA

Mariana Gonçalves de Andrade Paiva

Médica Veterinária anestesiologista da Policlínica Escola Veterinária - FMVV/CESVA - FAA

Thereza Christina de Vasconcelos

Docente - FMVV/CESVA - FAA

Sylvia Cristina Silva de Azevedo

Docente - FMVV/CESVA - FAA

Publicado
2018-12-28
Como Citar
DOS SANTOS, Thayassan Costa et al. INTERFERÊNCIA DE UM PROTOCOLO ANESTÉSICO SOBRE PARÂMETROS BIOQUÍMICOS EM CADELAS. Saber Digital, [S.l.], v. 11, n. 2, p. 94 - 106, dez. 2018. ISSN 1982-8373. Disponível em: <http://revistas.faa.edu.br/index.php/SaberDigital/article/view/626>. Acesso em: 25 mar. 2019.
Seção
Medicina Veterinária