RELAÇÃO ENTRE HPV E CÂNCER ANAL E A UTILIZAÇÃO DE SWAB ANAL COMO MÉTODO DE RASTREIO

  • Luciana Amaral Lemos
  • Filomena Aste Silveira
  • João Alfredo Seixas
  • Ulisses Rodrigues Dias

Resumo

Objetivo: Analisar a realização da citologia anal como rastreio de lesões préneoplásicas e verificar o comportamento sexual na população estudada. Materiais e Métodos: No período de janeiro de 2017 a janeiro de 2018, no ambulatório de ginecologia do Hospital Escola de Valença-RJ, realizou-se esta pesquisa através da coleta de citologia anal e vaginal, de mulheres assintomáticas e sintomáticas que foram realizar o exame preventivo, em um total de 152 amostras. Concomitantemente foi aplicado um questionário para as participantes do estudo com algumas questões referentes ao comportamento sexual. Resultados: Aproximadamente 70% das amostras demonstraram citologias negativas para pesquisa de doença precursora nos Swabs Anal e Vaginal. 41% foram consideradas insatisfatórias para análise de acordo com o laboratório. Dentre as coletas foram encontrados três achados positivos, sendo destes, dois de Swab Anal e uma amostra positiva do Swab vaginal. Conclusões: A citologia como prática de incorporação no rastreamento precoce de lesões no sítio anal por HPV não teve força de recomendação significativa.

Biografia do Autor

Luciana Amaral Lemos

Centro Universitario de Valença (UNIFAA)

Filomena Aste Silveira

Centro Universitario de Valença (UNIFAA)

João Alfredo Seixas

Centro Universitario de Valença (UNIFAA)

Ulisses Rodrigues Dias

Centro Universitario de Valença (UNIFAA)

Publicado
2020-10-02
Como Citar
LEMOS, Luciana Amaral et al. RELAÇÃO ENTRE HPV E CÂNCER ANAL E A UTILIZAÇÃO DE SWAB ANAL COMO MÉTODO DE RASTREIO. Revista Saber Digital, [S.l.], v. 13, n. 1, p. 106-117, out. 2020. ISSN 1982-8373. Disponível em: <http://revistas.faa.edu.br/index.php/SaberDigital/article/view/863>. Acesso em: 27 out. 2020.
Seção
Medicina