Correlação entre cobertura vacinal e notificações por sarampo no município de Valença – RJ

  • Leonardo M. Bornickel Alvarenga Centro Universitário de Valença - UNIFAA
  • Luís Sérgio Andries F. Pombo Centro Universitário de Valença - UNIFAA
  • Pedro Mantovani Spínola Centro Universitário de Valença - UNIFAA
  • Cintia Valéria Galdino Centro Universitário de Valença - UNIFAA

Resumo

Introdução: O sarampo é uma doença viral transmitida por via aérea através de gotículas dispersas no ambiente por indivíduos infectados, motivo pelo qual tem maior incidência na fase infanto-juvenil. A sua imunização iniciou-se no Brasil em 1960 e em 1973 a vacina entrou no Programa Nacional de Vacinação. Os casos de sarampo irradiaram para diversas regiões do Brasil desde 2018/2019 e 2020 incluindo para o município de Valença (RJ). Objetivo: O presente estudo teve como objetivo geral avaliar se a cobertura vacinal afeta diretamente os números de notificação por sarampo. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo, descritivo, com análise quantitativa, onde a coleta foi realizada por meio de dados secundários, obtidos via sistemas de base de dados nacionais e boletins epidemiológicos de março de 2019 até março de 2020. O presente estudo foi submetido ao Comitê de Ética e Pesquisa do Curso de Medicina do Centro Universitário de Valença, sendo aprovado pelo Parecer de número 3.976.368 Resultados: De janeiro a março do ano de 2020, em Valença (RJ), foram confirmados 25 casos e nenhum óbito. Uma quantidade significativa dos casos concentra-se na faixa etária de 18 a 28 anos e nas regiões centrais do município de Valença (RJ). A taxa de vacinação foi consideravelmente alta comparada a alguns anos anteriores ao retorno dos surtos no país em 2018. Conclusão: Conclui-se que houve um “surto” controlado pela assistência à saúde e uma boa cobertura vacinal no município. É importante manter, especialmente, a vacinação, que é distribuída gratuitamente pelo SUS.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Acadêmicos de Medicina no Centro Universitário de Valença (UNIFAA) – Valença (RJ)

##submission.authorWithAffiliation##

Acadêmicos de Medicina no Centro Universitário de Valença (UNIFAA) – Valença (RJ)

##submission.authorWithAffiliation##

Acadêmicos de Medicina no Centro Universitário de Valença (UNIFAA) – Valença (RJ)

##submission.authorWithAffiliation##

Professora do curso de Medicina no Centro Universitário de Valença (UNIFAA) – Valença (RJ)

Referências

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Guia de Vigilância Epidemiológica. 2. ed. Brasília, 2017.

BRASIL, Ministério da Saúde. Banco de dados do Sistema Único de Saúde - DATASUS. Informações de Saúde, Sistema de Agravos de Notificação. Disponível em: http://www.datasus.saude.gov.br. Acesso em: 22 de out. 2019a

BRASIL, Ministério da Saúde. Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Informações de Saúde. Assistência à Saúde e Imunizações. Disponível em: http://www.datasus.gov.br. Acesso em: 23 de out. 2019b

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância de Saúde. Vigilância Epidemiológica do Sarampo no Brasil, 2019c. Boletim Epidemiológico, Ministério da Saúde, v. 50, ed. 23, 2019. Disponível em: portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/setembro/04/BE-sarampo-20.pdf. Acesso em: 25 out. 2019.

BRASIL, Ministério da Saúde. Sarampo no Brasil. Saúde do Viajante, [s. l.], 1 fev. 2020a. Disponível em: http://www.saudedoviajante.pr.gov.br/2019/06/92/Sarampo-no-Brasil.html. Acesso em: 14 abr. 2020.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância de Saúde. Vigilância Epidemiológica do sarampo no Brasil – 2020 Semanas Epidemiológicas 1 A 23, 2020b. Boletim Epidemiológico, v. 50, ed. 25, 2020. Disponível em: www.saude.gov.br › Boletim-epidemiologico-SVS-09. Acesso em 18 de jul. 2020.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Ministério da Saúde. Informe Semanal Sarampo – Brasil, Semanas Epidemiológicas 1 a 25, 2020c. Boletim Epidemiológico, v. 51, ed. 27, Julho 2020. Disponível em: https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/July/09/Boletim-epidemiologico-SVS-27-06.07.2020.pdf. Acesso em: 17 de jul. 2020

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Vigilância epidemiológica do sarampo no Brasil 2019: janeiro a dezembro. Boletim Epidemiológico, v. 51, ed. 6, Março 2020d. Disponível em: https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/08/Boletim-epidemiologico-SVS-06-v2.pdf. Acesso em: 14 abr. 2020.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. INFORME EPIDEMIOLÓGICO 006/2020. Atualização dos casos de Sarampo até 18/08/2020, Rio de Janeiro, 18 ago. 2020e. Disponível em: http://www.riocomsaude.rj.gov.br/Publico/MostrarArquivo.aspx?C=PZCEPQSjR9w%3d. Acesso em: 19 out. 2020.

BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria do Estado da Saúde. SARAMPO - BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO. SARAMPO - BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO, São Paulo, v. 01, ed. 40, 6 out. 2020f. Disponível em: http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/areas-de-vigilancia/doencas-de-transmissao-respiratoria/sindrome-da-rubeola-congenita-src/doc/2020/sarampo0610_40boletim.pdf. Acesso em: 21 out. 2020. ( 3 )

BRASIL, Ministério da Saúde. DATASUS. In: POPULAÇÃO RESIDENTE - ESTUDO DE ESTIMATIVAS POPULACIONAIS POR MUNICÍPIO, IDADE E SEXO 2000-2020 - BRASIL: POPULAÇÃO RESIDENTE - ESTUDO DE ESTIMATIVAS POPULACIONAIS POR MUNICÍPIO, IDADE E SEXO 2020 - Valença (RJ). 4 nov. 2020g. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?popsvs/cnv/popbr.def. Acesso em: 12 nov. 2020.

BRUZZI, CARLA et al. COMPREENDENDO O RETORNO DO SURTO DE SARAMPO NO BRASIL EM 2019 E DADOS EPIDEMIOLÓGICOS ATÉ FEVEREIRO DE 2020. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research – BJSCR, v. 32, ed. 2, 2020. Disponível em: https://www.mastereditora.com.br/download-3595. Acesso em: 19 nov. 2020.

DOMINGUES, Carla Magda Allan S. et al . A evolução do sarampo no Brasil e a situação atual. Inf. Epidemiol. Sus, Brasília , v. 6, n. 1, p. 7-19, mar. 1997 . Disponível em . acessos em 14 out. 2019. http://dx.doi.org/10.5123/S0104-16731997000100002.

OMS. Casos de sarampo estão aumentando em todo o mundo devido a lacunas na cobertura vacinal, indica novo relatório da OMS. OPAS Brasil, [S. l.], p. 1-1, 29 nov. 2018. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5811:casos-de-sarampo-estao-aumentando-em-todo-o-mundo-devido-a-lacunas-na-cobertura-vacinal-indica-novo-relatorio-da-oms&Itemid=812. Acesso em: 25 out. 2019.

OMS. OMS. Measles vaccines: WHO position paper – April 2017. Weekly Epidemiological Record, ed. 92, p. 205-227, 7 jun. 2017. Disponível em: https://www.who.int/publications/i/item/measles-vaccines-who-position-paper-april-2017. Acesso em: 29 out. 2019.

Sato APS. What is the importance of vaccine hesitancy in the drop of vaccination coverage in Brazil? Rev Saude Publica, v. 52, p.96. doi: 10.11606/S1518-8787.2018052001199.

VERONESI, Ricardo; FOCACCIA, Roberto. Tratado de Infectologia. 2 Volumes - 5ª Edição, Editora Atheneu, 2015.
Publicado
2021-08-21
Como Citar
ALVARENGA, Leonardo M. Bornickel et al. Correlação entre cobertura vacinal e notificações por sarampo no município de Valença – RJ. Revista Saber Digital, [S.l.], v. 14, n. 2, p. 25-40, ago. 2021. ISSN 1982-8373. Disponível em: <https://revistas.faa.edu.br/index.php/SaberDigital/article/view/1132>. Acesso em: 28 set. 2021. doi: https://doi.org/10.24859/SaberDigital.2021v14n2.1132.
Seção
Medicina