Terceirização, um projeto de marginalização e exclusão que deu certo

Autores

  • Benizete Ramos de Medeiros

Palavras-chave:

Terceirização, Marginalização, Exclusão social, Reformas

Resumo

O presente texto retoma a análise acerca da  terceirização de mão de obra com objetivo de comparar os resultados apurados após a entrada em vigor da Lei 13.467/2017, chamada de reforma trabalhista, utilizando-se de dados e informações notadamente quanto o aumento ou não  de postos de trabalho, como grande mote da proposta inicial, além de avaliar as condições de trabalho e igualdade de tratamento entre os trabalhadores terceirizados e aqueles contratados  diretamente pelas empresas tomadoras de serviços, trazendo como resultado a marginalização, exclusão social desse grupo de trabalhadores. A terceirização ampla e irrestrita em todos os setores da empresa, traz prejuízo à todo sociedade e, em última hipótese também para a própria empresa que se utiliza dessa mão de obra nem sempre qualificada. O empregado terceirizado não tem sentimento de pertencimento em razão da grande rotatividade, já que não se vincula afetivamente à empresa, gerando, com tudo isso a ampliação da exclusão e marginalização desse segmento operariado.  O STF, por sua vez, julgou constitucional o art. 2º da referida Lei quanto a adoção da terceirização em todo de qualquer setor da empresa e em qualquer tipo de negócio. Portanto, o texto traz informações atuais para instigar o leitor às próprias reflexões sobre as transformações que o mundo do trabalho vem sofrendo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Benizete Ramos de Medeiros

Advogada Trabalhista; doutora em Direito e Sociologia; mestre em Direito professora (PPGD/UVA); membro da Escola Superior da Advocacia Trabalhista da ABRAT; membro da Comissão de Direito do Trabalho do IAB; diretora da JUTRA e professora convidada da Universidad Internacional Ibero Americana –UNINI.

Downloads

Publicado

2022-11-10

Como Citar

Ramos de Medeiros, B. (2022). Terceirização, um projeto de marginalização e exclusão que deu certo. Revista Interdisciplinar Do Direito - Faculdade De Direito De Valença, 20(2), e20222002. Recuperado de https://revistas.faa.edu.br/FDV/article/view/1375

Edição

Seção

Artigos