Perfil epidemiológico dos casos de leptospirose canina em bairros residenciais do Rio de Janeiro

Autores

  • Elisabeth Valente Carvalho Valente Carvalho Centro Universitário de Valença (UNIFAA)
  • Allan dos Santos Moreira Centro Universitário de Valença (UNIFAA)
  • Lucas Vellasco Centro Universitário de Valença (UNIFAA)
  • Jaqueline Travassos de Melo Centro Universitário de Valença (UNIFAA)

DOI:

https://doi.org/10.24859/SaberDigital.2022v15n1.1249

Palavras-chave:

Zoonoses, Leptospirose, Cães.

Resumo

Introdução: A leptospirose é uma doença infecciosa, aguda, causada pela Leptospira interrogans. É considerada uma zoonose e possui uma ampla distribuição mundial. Devido ao clima tropical apresentado no estado do Rio de Janeiro, há uma colaboração para a incidência de chuvas fortes seguidas de alagamentos, facilitando a disseminação da bactéria. A transmissão ocorre pelo contato com urina de ratos, guaxinins e gambás contaminados. A leptospirose canina é um problema sanitário de grande importância, por ser a principal fonte de transmissão da bactéria para o homem. Objetivo: o presente estudo teve como objetivo analisar o perfil epidemiológico dos casos de leptospirose canina, no município do Rio de Janeiro, entre 2018 e 2021. Materiais e métodos: os dados utilizados no estudo foram obtidos juntamente ao setor de vigilância epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (Gerência de Doenças Transmitidas por Vetores e Zoonoses). Resultados: a análise mostrou o diagnóstico de leptospirose canina em vários bairros do município do Rio de Janeiro. Destacam-se o centro do Rio e a zona portuária com a maior incidência de casos, sendo os anos de 2019 e 2021 os anos com maiores taxas de diagnóstico. Há que se enfatizar sobre a importância de refletir sobre ações para combater a doença no município do Rio de Janeiro. Conclusão: nesse contexto, torna-se imprescindível a implementação de estratégias, visando conter a disseminação da bactéria Leptospira interrogans no meio ambiente, reduzindo o número de infecções por ela causadas tanto em humanos quanto em animais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Tiago Sena; MENDES, Mariana Oliveira; PRASERES, Beatriz Souza; SENA, Evane Oliveira; SANTOS, Fernanda Reis; FREITAS, Julia Liger. Aspectos clínicos de cães com leptospirose no hospital de medicina veterinária Prof. Renato Rodemburg de Medeiros Neto. Brazilian Journal of Animal and Environmental Research, Curitiba, v. 1, p. 91–98, 2018.

AZEVEDO, Diana de Oliveira Silva. Avaliação Soro-Epidemiológica da Leptospirose Canina de Amostras Coletadas em Bairros Residenciais de Cruz das Almas Bahia, Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Medicina Veterinária - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia,Cruz das Almas, 2016.

CHAIBLICH, Juliana Valentim; LIMA, Maria Luciene da Silva; OLIVEIRA, Raiane Fontes De; MONKEN, Maurício; PENNA, Maria Lucia Fernandes. Estudo espacial de riscos à leptospirose no município do Rio de Janeiro (RJ). Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 41, n. spe2, p. 225–240, 2017.

DE CASTRO, Jacqueline Ribeiro; SALABERRY, Sandra Renata Sampaio; DE SOUZA, Mariana Assunção; LIMA-RIBEIRO, Anna Monteiro Correia. Sorovares de Leptospira spp. predominantes em exames sorológicos de caninos e humanos no município de Uberlândia, Estado de Minas Gerais. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 44, n. 2, p. 217–222, 2011.

FREIRE, Isabel Maria Alexandre; VARGES, Renato G.; GOMES, Yuri N. P.; POMBO, Cecília Riscado; LILENBAUM, Walter. Distribuição dos serovares de leptospira em caninos clinicamente suspeitos no Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, Niterói, v. 14, n. 2, p. 83–85, 2007.

GENOVEZ, M. E. Leptospirose: Uma Doença De Ocorrência Além Da Época Das Chuvas! Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 71, n. 1, p. 1–3, 2009. Disponível em: http://www.biologico.sp.gov.br/uploads/docs/bio/v71_1/genovez.pdf.

GUIMARÃES, Raphael Mendonça; CRUZ, Oswaldo Gonçalves; PARREIRA, Viviane Gomes; MAZOTO, Maíra Lopes; VIEIRA, Juliana Dias; ASMUS, Carmen Ildes Rodrigues Fróes. Análise temporal da relação entre leptospirose e ocorrência de inundações por chuvas no município do Rio de Janeiro, Brasil, 2007-2012. Ciencia e Saude Coletiva, Rio de Janeiro, v. 19, n. 9, p. 3683–3692, 2014.

HOTEZ, Peter J. Global urbanization and the neglected tropical diseases. PLoS Neglected Tropical Diseases, San Francisco, v. 11, n. 2, p. 1–5, 2017.

KHALIL, Hussein et al. Poverty, sanitation, and Leptospira transmission pathways in residents from four Brazilian slums. PLOS Neglected Tropical Diseases, San Francisco, v. 15, n. 3, p. e0009256, 2021. Disponível em: https://journals.plos.org/plosntds/article?id=10.1371/journal.pntd.0009256. Acesso em: 3 abr. 2022.

LIMA, Adriana dos Santos; LOPES, Edson Carvalho; DE BARROS, Neuza Biguinati; BARROS, Rogelio Rocha; DE CARVALHO, Jose Francisco C. Estudo comparativo dos efeitos dos antibióticos penicilina G, doxiciclina e ceftriaxona em tratamento das diferentes formas de leptospirose / Comparative study of the effects of the antibiotics penicillin G, doxycycline and ceftriaxone in the treatment of. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v. 4, n. 5, p. 20291–20305, 2021.

MASCOLLI, Roberta et al. Prevalência e fatores de risco para a leptospirose e brucelose na população canina da Estância Turística de Ibiúna, São Paulo, Brasil. Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 83, n. 0, p. 1–7, 2016..
SANTOS, Ana Paula Lopes; SANTOS, Hamilton Pereira. Leptospirose Canina: Conscientização E Importância Da Realização De Ações Educativas De Prevenção Em Uma Comunidade No Maranhão / Canine Leptospirosis: Awareness and Importance of Carrying Out Preventive Educational Actions in a Community in Maranhão. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 7, n. 1, p. 1495–1505, 2021.

SOUZA, Ana Carolina Reis De. Revisão sobre os procedimentos de vacinação em cães contra leptospirose. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Medicina Veterinária - Universidade Federal de Uberlândia,Uberlândia, 2020.

VAN DE MAELE, I.; CLAUS, A.; HAESEBROUCK, F.; DAMINET, S. Leptospirosis in dogs: a review with emphasis on clinical aspects. Veterinary Record, London, v. 163, n. 14, p. 409–413, 2008. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1136/vr.163.14.409. Acesso em: 3 abr. 2022.

Downloads

Publicado

2022-04-18

Como Citar

Carvalho, E. V. C. V., Moreira, A. dos S., Vellasco, L., & de Melo, J. T. (2022). Perfil epidemiológico dos casos de leptospirose canina em bairros residenciais do Rio de Janeiro. Revista Saber Digital, 15(1), e20221507. https://doi.org/10.24859/SaberDigital.2022v15n1.1249

Edição

Seção

Medicina Veterinária